Cold brewed coffee


Resumo da ópera para quem não leu o post anterior: Cold brewed coffee, café à frio, é o método de fazer café sem o uso de calor: basicamente se mistura água e pó de café em proporção 4:1 e deixamos curtindo por 12 horas. Filtra-se obtendo o chamado licor de café, mais forte que o café tradicional mas extremamente menos ácido, mais redondo. O licor de café obtido pode ser armazenado na geladeira, devidamente fechado.

O café que utilizei foi uma mistura 3:1 de um café premium 100% arábica com torragem bem baixa para padrões brasileiros, “caramelo”, moído na hora e café de supermercado Pilão (mais preto impossível, torrado em excesso IMHO). DONT ASK.

Guardei a mistura água-café em um grande copo plástico com tampa de um dia para o outro e coei usando um filtro de papel tradicional na manhã seguinte, demora bem mais para coar que o café com água fervida a que estamos acostumados.

Tentei tomar de algumas maneiras: Como ouvi múltiplas vezes que o tal licor de café era forte, blahblahblah, resolvi tomá-lo inicialmente com uma mistura 1:1 com água quente. DONT. Não faça isso, um retrogosto bem característico de café solúvel aguado :p

Já minhas outras tentativas de reproduzir o café vietnamita foram mais bem sucedidos, tanto quente quanto frio: licor de café e leite condensado: Forte e doce (dependendo do quanto leite condensado você usar, claro), um gosto realmente bem diferente do café tradicional ou espresso, gostei.

PS: Os curitibanos que nos acompanham vão reconhecer isso como café espanhol do AU AU :p No caso desse café espanhol, é feito com espresso e leite condensado.

Fico devendo as fotos que faltam ser transferidas da câmera.