Battlestar Galactica: assista

Tirando LOST, não comento muito sobre o que assisto. Exatamente no último hiato antes do final da quarta temporada de LOST eu fiquei ‘órfão de novela’ e resolvi baixar os primeiros episódios da primeira temporada de Battlestar Galactica, para ver se valia a pena. O que todo mundo sabe é “ah, aquela refilmagem onde o startbuck é mulher, né?”. Isso, exatamente essa refilmagem. Acontece que definitivamente não parou por aí. Ao contrário de Star Wars, que é um enorme conto de fadas scifi, e Star Trek, onde a humanidade inteira é unida we-are-the-world e religião parece ser algo do passado, em BSG aborda-se política e religião como temas centrais da história.

A história muito resumidamente é: Humanos que vivem em 12 planetas criam robôs sentientes (cylons) para serem seus escravos. Cylons se rebelam e entram em guerra com os humanos. Depois de décadas de paz, Cylons lançam um ataque surpresa e destroem todos os 12 planetas sobrando apenas um punhado de naves civis e uma nave militar velha, a Battlestar Galactica, fugindo dos Cylons e procurando a mítica décima terceira colônia humana, a terra. Ah, esqueci de dizer que os cylons evoluíram a ponto de imitar a forma humana, um cylon é visualmente indistinguível de um ser humano.

Os detalhes interessantes começam exatamente nos aspectos políticos e religiosos: Os aspectos governo civil X militares, o fato dos humanos serem politeístas enquanto cylons são monoteístas, etc.

Estou atualmente acompanhando a quarta temporada que já foi declarada como a última, então você não corre o risco de começar a assistir e terminar sem final como metade das séries americanas meia-boca, vamos ter um final planejado como final desde o começo. Recomendo.

2 thoughts on “Battlestar Galactica: assista

  1. “Ah, esqueci de dizer que os cylons evoluíram a ponto de imitar a forma humana, um cylon é visualmente indistinguível de um ser humano.”Isso é só para diminuir os custos da produção :)

  2. Nada! os antigos cylons cabeças-de-lata aparecem e muito, e ironicamente, são escravos dos cylons humanóides. O BSG tem uma produção bem cara, aliás. Efeitos especiais melhor que muito filme por aí.Parafraseando o filme, “All of this has happened before, and now we’ll see it again”.

Comments are closed.