compiling the kernel the ubuntu way

2008-05-29 Nerd Software sergio

Um dos percalços que encontrei nesse servidor 24×7 fanless foi: nem CentOS nem Ubuntu-server tem kernels VIAC7-orientados, isto é, não tinha cpufreq funcional, problemas com acpi, etc.

O CentOS depois de se forçar a barra na instalação consegue-se um mínimo de algo em torno de 1GB. Ubuntu server instalação default ~ 400MB. Ganhou o ubuntu dessa vez, minha primeira tentativa não-rpm em um servidor.
Resolvi compilar meu próprio kernel! Hoooray, me senti voltando 10 anos atrás :p Acontece que minha intimidade com pacotes .deb é zero, nenhuma, nada. Várias horas de sono perdidas depois cheguei em http://sergio.bruder.com.br/debs/, uma versão para VIA C7 do último kernel flavour server do Ubuntu 8.04 com suporte a CPUFREQ habilitado, módulo para a parte hardware de cryptografia, etc, tudo compilado. Mais tarde conto em mais detalhes a parte userlevel da coisa. 
PS: Acabei compilando esse kernel em uma instalação de Ubuntu-JEOS rodando no vmware fusion 2.0 no meu macbook.